08 março, 2017

Dia Internacional da Mulher



   Hoje recebemos flores, bombons, palavras gentis, abraços e até mesmo pessoas que nem conhecemos nos parabenizam por esse dia. Ligamos a televisão e vemos as pessoas falando sobre violência doméstica, luta por igualdade, dizendo o quanto é absurdo ainda sermos consideradas inferiores no mundo atual, mas nada disso adianta se no outro dia tudo for esquecido e as agressões, o desrespeito e a humilhação continuarem, precisamos que esses assuntos sejam discutidos mas não em um só dia do ano ou quando alguma tragédia acontece.



   Muitas mulheres ainda são dopadas em festas, muitas são forçadas e agredidas todos os dias, continuamos recebendo salários mais baixos e sofrendo inúmeras injustiças, por isso não precisamos de palavras que não significarão nada amanhã, não queremos sorrisos se eles se transformarem em tapas e insultos no dia seguinte, não precisamos de flores e abraços, PRECISAMOS DE RESPEITO!

   Não queremos ser agredidas por dizer "não", não queremos que nos chamem de incompetentes por sermos mulheres, não queremos ser desvalorizadas; nós queremos ser donas do nosso próprio corpo, ter nosso direito garantido, nos relacionar sem nos preocupar em apanhar ou sermos humilhadas.

   Queremos sair de casa sem correr o risco de assédios, sair a noite sem ter de nos preocupar com o que pode acontecer; não queremos ser forçadas a fazer o que quer que seja, não queremos ouvir que estamos "pedindo para ser estupradas" por causa da roupa que vestimos ou por causa da cor do batom que gostamos. QUEREMOS NÃO TER MEDO!

   Mas, acima de tudo, queremos uma mudança real, duradoura e que um dia machismo não passe de uma palavra a muito esquecida e que foi substituída por Igualdade.
Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo