20 março, 2017

Resenha: Quarto ♥ Emma Donoghue



Título: Quarto
Autor: Emma Donoghue
Editora: Verus
Páginas: 350
Avaliação:★★



   "Hoje eu tenho cinco anos. Tinha quatro ontem de noite, quando eu fui dormir no Guarda-Roupa, mas quando acordei na Cama no escuro tinha mudado pra cinco, abracadabra."







   Aos 19 anos, a mãe de Jack foi sequestrada e desde então é mantida em cativeiro e abusada constantemente. Nesse quarto ela passou seus piores momentos e quando desistia da vida, reencontrou alegria e força no nascimento do filho, porém, Jack não tem conhecimento dos horrores que a mãe enfrenta ou sobre o mundo lá fora, sua vida se resume às quatro paredes onde ele vive com a mãe; que lhe ensinou tudo o que sabe até então e que faz o possível para que ele tenha uma vida normal e feliz.


   Jack passa seus dias ajudando a mãe com pequenas tarefas, assistindo desenhos na televisão e brincando, acreditando que as únicas coisas realmente reais são as que se encontram no quarto e o "Velho Nick", que visita sua mãe de noite enquanto está escondido no guarda-roupa e que traz para eles alguns "presentes" aos domingos.

   O garoto é feliz com pequenas coisas e sua ingenuidade o protege da verdade, a mãe faz de tudo para mante-lo saudável, mas agora que Jack completou cinco anos, ela sonha cada vez mais com a liberdade e acredita que seja a hora de contar toda a verdade, elaborando um plano arriscado para que ambos possam fugir do cativeiro em que se encontram.

   Entretanto, quais são os riscos dessa fuga e como Jack irá lidar com a verdade?



   " -Escute. O que vemos na televisão são... são imagens de coisas reais.

      Foi a coisa mais assombrosa que eu já escutei."



   Narrado em primeira pessoa pelo Jack, o livro é um turbilhão de emoções e a narrativa é incrível. 


   Na primeira parte do livro acompanhamos o dia a dia do garoto, seus pensamentos e frustrações, ao mesmo tempo que nos colocamos no lugar da mãe e sentimos como se estivéssemos no pequeno quarto com eles. Ficamos deslumbrados com esse garotinho inteligente que se apega a animais e plantas e que se impressiona ao ver um camundongo pela primeira vez; um garoto que acredita que não há nada de errado e que agradece pelas coisas que o "Velho Nick" lhes traz, mesmo que nunca o tenha visto.

   O livro é assustador e extremamente real, Jack vive tranquilamente e sua narrativa mostra ao leitor tudo o que realmente está acontecendo mesmo que ele não se dê conta, fiquei desnorteada ao imaginar uma criança nessa situação e tudo que a mãe enfrenta para garantir que seu filho tenha uma infância, mesmo em um pequeno espaço.

   Me senti desconfortável em alguns momentos, a segunda parte da história é um pouco arrastada por ser um período de adaptação em que Jack precisa entender que muitas coisas que ele via na televisão são verdade e que existe muitas coisas além do quarto, mesmo assim, o livro é incrível e apesar de saber que não é para todos, me emocionou muito e me fez pensar em muitas coisas, além disso, a sensibilidade da narrativa é tocante e é impossível não se apaixonar por esse garotinho.



   "-Jack, você é maravilhoso.

     -Por que eu sou maravilhoso?
     -Não sei, você simplesmente saiu assim."
Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo