m/glpbb7a/odhnldmus/postagensrelacionadasparablog.js' type='text/javascript'/>

31 janeiro 2017

Projeto: 12 cartas em 12 meses ♥ Janeiro

| |
 
Foto: Creative Commons

  Uma carta para você no passado , há dez anos atrás.


Querida Andy,


   Agora você está assustada e se sentindo sozinha, não tem vontade de sair e o único lugar onde encontra consolo é nas páginas de um livro. À algum tempo você não consegue se olhar no espelho sem ouvir o eco das palavras horríveis que lhe são dirigidas e já começa a pensar que são todas verdadeiras, mas acredite, elas não são.

   Sei que a felicidade pode parecer distante agora, você sente saudade  daquela pessoa que nunca mais irá ver e que era muito importante na sua vida, e você irá sentir saudades por muito tempo, mas conforme os dias passarem, as lágrimas vão se transformar em sorrisos e verá o privilégio que teve ao conviver com essa pessoa e de ter sido o motivo de seu sorriso.

   Estarei mentindo se disser que logo tudo isso vai mudar e você nunca mais vai sofrer, passaremos por momentos difíceis, você vai chorar em silêncio até o sono chegar, vai se decepcionar, sofrer desilusões, mas continue sendo forte e não deixe que as maldades desse mundo tirem o sorriso do seu rosto; um dia você vai acordar e sentirá muito orgulho da pessoa que é. Você vai ser mãe e essa criança vai ser um raio de sol na sua vida, vai acordar de madrugada cansada, mas sorrindo e vai experimentar um amor radiante e infinito. Você vai se casar por amor como sempre sonhou, vai lutar por esse amor todos os dias e vai se impressionar com o fato de ele crescer cada vez mais no seu peito. Você vai crescer muito, alguns dos seus sonhos vão mudar, mas você é determinada o bastante para correr atrás de todos eles.

   Tudo que está passando agora, e que passará depois, servirá para que você cresça e se torne mais forte e determinada, por isso, pare de chorar e não tenha medo, viva intensamente cada momento, liberte-se e voe alto, acredite em você e não importa o quanto queiram te derrubar, levante-se quantas vezes for preciso e nunca, jamais desista. Não se importe com o que os outros vão dizer sobre você, aproveite o máximo que puder, viva a sua infância, permita-se brincar, fazer amigos; se olhe no espelho e diga bem alto que você é linda, seja você mesma e não se preocupe tanto, você vai ter muito com o que se preocupar quando crescer.

   Quero que saiba que gostaria muito de te abraçar agora, abraçar a garota indefesa que está sofrendo e que está começando a se odiar, mas acredite em mim, você é forte o bastante. Você não só vai se superar como não vai deixar que a crueldade das pessoas te mudem e te tornem amarga, você continuará acreditando no amor, nunca vai se sentir superior a ninguém e sempre que alguém precisar de ajuda você não pensará duas vezes antes de ajudar, e é por isso e por muitas outras coisas que tenho muito orgulho de você; persista e verá que dias maravilhosos estão por vir.

   Beijos com todo o meu carinho e amor.


*Para saber mais informações sobre o projeto clique aqui.