24 janeiro, 2017

Resenha: A Probabilidade Estatística do Amor à primeira Vista ♥ Jennifer E. Smith


Título: A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Páginas: 224

    "Quando você chega ao final dos 52 anos, parece que foram apenas 52 minutos. Da mesma maneira que quando você é jovem e está apaixonado, sete horas num avião pode parecer uma eternidade."


   Por quatro minutos Hadley perde o avião que a levaria ao casamento do pai em Londres. A viagem que já não seria agradável, devido ao seu relacionamento com o pai depois que ele foi embora, acaba de se tornar ainda pior: ela terá que esperar três horas, em um aeroporto lotado, para pegar o próximo voo e corre o risco de não chegar a tempo de ver o casamento ao qual ela nem queria ir. 

   O sentimento que ela sente pelo pai é de abandono, ela não aceita o fato de ele ter deixado a família para viver na Inglaterra com outra mulher, uma mulher que Hadley não conhece e já odeia, além disse Hadley não sabe como se encaixar nessa nova vida que o pai está construindo sem ela.

   Enquanto espera as horas passarem ela conhece Oliver, um belo britânico que lhe faz companhia e que também está indo para Londres, no mesmo voo e sentado ao lado dela.
   Ambos tem uma conexão instantânea, nessas sete horas de viagem eles se conhecem e esse encontro inesperado pode mudar a vida de ambos.

    " Talvez os atrasos no decorrer do dia sejam apenas detalhes, mas se não fosse por eles, teria sido por causa de alguma outra coisa"


   O livro inteiro se passa dentro de 24 horas, a narrativa é em terceira pessoa e os capítulos são divididos pelas horas que passam. O livro é agradável, leve e vai além do envolvimento amoroso, focando na relação entre pai e filha e nos conflitos de Hadley, suas dúvidas, mágoas e medos. 

    Os personagens secundários são cativantes, me identifiquei com Charlotte assim que ela apareceu com seu sorriso e sua vontade de agradar a enteada. O pai de Hadley nunca desiste dela e mesmo quando ela quer afastá-lo de sua vida, ele tenta se relacionar com ela e acabar com suas inseguranças.

   A história é curtinha e ótima para uma maratona ou para sair de uma ressaca literária. O livro é bem humorado e quando termina fica aquela sensação de perda. Por ser curtinho a história acontece bem depressa e isso pode incomodar alguns leitores, mas pra passar o tempo é um ótimo livro.
Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo