31 março, 2017

Primeiras Impressões ♥ Série Os 13 Porquês




   Pra quem ainda não sabe, a Netflix estreou hoje, dia 31 de março, a Série Os 13 Porquês, baseada no livro de mesmo nome escrito por Jay Asher.

   A série foca na trajetória de Clay Jensen que, ao voltar da escola, encontra uma caixa misteriosa com sete fitas-cassetes gravadas por Hannah Baker, a garota por quem era apaixonado e que cometeu suicídio a duas semanas atrás. Nelas estão gravados 13 motivos que a levaram a tirar a própria vida, cada motivo relacionado a uma pessoa diferente, sendo que a série possui um episódio para cada motivo. 

   Quando vi o Trailer da adaptação, fiquei extremamente ansiosa, tanto para assistir quando para ler o livro e quando terminei a leitura na semana passada, fiquei ainda mais curiosa para descobrir como seria a adaptação e se os produtores conseguiriam transmitir toda a tensão, força e impacto do livro.

   Comecei a série assim que acordei e vim compartilhar com vocês as minhas primeiras impressões.



   Começando pela abertura, ela combina perfeitamente com a história, ficou simples mas cheia de referências. Apesar de imaginar uma Hannah muito diferente e de início ter me incomodado um pouco com a voz, talvez por esperar algo mais marcante, logo percebi que a escolha da atriz que interpreta Hannah, Katherine Langford, é adequada para o papel por representar uma garota comum.


   Obviamente há algumas diferenças, no livro a história se passa em menos de 24 horas, o que não seria possível na adaptação, mas achei muito interessante o fato de acompanharmos a mudança de Clay em relação ás pessoas que estão sendo citadas nas fitas e em como essas pessoas foram afetadas pelas palavras de Hannah, além de vermos como os professores e alunos estão lidando com o que aconteceu.

   A minha única queixa é que em alguns momentos quase não ouvimos a voz de Hannah ou entendemos o que ela está falando devido a outros sons, como música.

   Estou gostando muito da série, há uma tensão muito grande em cada passo dado por Clay e só aumenta a medida que segredos são revelados, mas é preciso prestar atenção aos pensamentos de Clay, eles variam de acordo com o que ele está vivendo no momento e lembranças aleatórias que ele tem de Hannah, o que pode causar confusão.

   A adaptação está bem feita, é empolgante, intrigante, forte e captou o mistério em volta da personagem. É o tipo de série que sei que vou devorar.



Já começou a assistir a série? Deixe nos comentários o que está achando.

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo